Domingo 16 de Dezembro de 2018
Idiomas:
Esconder
Actividades principais: serração, produção e recuperação de paletes e embalagens de madeira

Empresa

Contactos

Forest Stewardship Council Sistema Português de Certificação da Gestão Florestal Sustentável Empresa Certificada APSER - ISO 9001

Pinhoser - Indústria de Madeiras da Sertã, Lda

Surgiu aos fundadores da Pinhoser a oportunidade de adquirir uma pequena serração, à qual anteriormente subcontratavam a serragem dos toros. Esta serração está localizada no concelho da Sertã, um local de eleição para a implementação de actividades relacionadas com a fileira florestal, devendo-se à disponibilidade tanto de matéria-prima como de mão-de-obra.

Assim foi fundada em 1984, com a denominação social de António Fernandes & Irmão, Lda e um capital social de 800 contos (3.990,38€). Comprava a matéria-prima a pequenos proprietários que se dedicavam à exploração florestal de madeira de pinho, transformando estes toros em madeira serrada que vendia principalmente para a construção civil. Ao longo do tempo houve uma racionalização no processo produtivo que veio aumentar a produção e o nível de produtividade da empresa, tornando-a numa das serrações mais competitivas da região.

Em 1997 passa a designar-se por Pinhoser - Indústria de Madeiras da Sertã, Lda. Ao longo dos anos foram feitos importantes investimentos de modernização, dotou-se a empresa de maior automatismo e mecanização dos processos, permitindo uma maior qualidade dos produtos, maior facilidade e segurança no trabalho. As instalações fabris e de armazenamento, os escritórios e parques para matéria-prima também foram crescendo.

Em 2008 o sistema de aspiração da fábrica foi dotado de filtros de mangas de modo a evitar a dispersão de poeiras, criando melhor ambiente. Também nesse ano, a fábrica foi equipada com 2 estufas de secagem de madeira, ficando assim com capacidade para a secagem artificial das madeiras, além da possibilidade de as submeter a choque térmico de acordo com a Norma Internacional (ISPM nº 15), face às medidas que Portugal passou a ter que cumprir face ao alastramento do Nemátodo da Madeira do Pinheiro a outros pontos do território.

No ano de 2010 deu-se início ao desenvolvimento de um projecto de inovação que irá afectar a empresa a todos os níveis. Trata-se de um investimento que irá revolucionar o sector de serração de madeira em Portugal.

A Pinhoser tem actualmente 3 linhas de produção de madeira serrada. Uma linha é utilizada para processar madeira torta, estando preparada para trabalhar com comprimentos menores. Outra linha inclui um charriot e é utilizada para madeiras com diâmetros muito grandes ou com características especiais, não permitindo grandes produções. A nova linha de fresagem permitirá produzir grandes quantidades e com dimensões que a linha de madeira torta não permite e que o charriot não rentabiliza.

Este projecto vai trazer melhorias muito significativas no rendimento da matéria-prima, a nova tecnologia irá permitir um aproveitamento integral dos toros tendo assim um rendimento maximizado, e na qualidade do produto, com aumento do seu valor acrescentado, pela introdução de inovação e tecnologia. A Pinhoser vai também quase triplicar a sua capacidade produtiva, tornando-se assim na empresa nacional de serração com maior capacidade produtiva, reunindo assim as condições para competir nos mercados internacionais. O projecto foi concluído a 20 de Dezembro de 2011, e no dia 10 de Fevereiro de 2012 realizou-se uma inauguração oficial da nova linha de serragem, presidida por Sua Excelência o Ministro da Economia e do Emprego, Professor Doutor Álvaro Santos Pereira.

Actualmente com o capital social de 4.100.000 Euros, com uma área fabril de 110.000m² dos quais 9.000m² são cobertos, com os investimentos contínuos na sua modernização ao longo dos vários anos, a Pinhoser assume-se como uma empresa importante para a região e sector.